sábado, 24 de novembro de 2012

ÁGUAS QUE LIMPAM E CURAM.



Quando vêm a nós a palavra água, se não estiver no sentido literário da palavra, estará vindo no sentido espiritual da palavra.

A palavra água nos leva a compreender um liquido incolor, inodoro e indispensável para a vida e manutenção do nosso planeta.

Mas, sendo levado para o lado espiritual, torna-se um símbolo da Palavra de Deus (Apocalípse 21. 6).

Então, todas as vezes que lêmos na Bíblia a palavra água, precisamos interpretar se está se falando da água no sentido material, ou água no sentido espiritual.

Aquela mulher, passou por esse processo, demorando para entender o que o Senhor Jesus estava querendo dizer, e por isso, o questionamento.

Quando o Senhor Jesus, sentado junto ao poço [fonte] em Samaria, pediu água a uma mulher que alí, vinha constantemente buscar esse produto [material].

E Jesus disse: Dá-me de beber.

E a mulher  começou a questionar, pois, os samaritanos não falavam com os Judeus.

E o Senhor Jesus disse: Se tu conheceras o dom de Deus e quem é que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e Ele te daria água viva [espiritual].

A mulher não entendendo, interpelou  sobre de onde tiraria água viva [material].

Jesus abrindo seus olhos e mente disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede, mas aquele que beber da água que Eu lhe der nunca terá sede, porque a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna [espiritual].

A mulher ainda não entendendo disse: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede e não venha aquí tirá-la [cessaria alí, aquele trabalho rotineiro e cansativo], (material).

Jesus vendo aquela vontade, aquela empolgação, mas não entendendo pelo lado espiritual, mesmo assim o Senhor disse: Vai, e chama o teu marido e vem cá.

A mulher respondeu e disse: Não tenho marido.

Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido, porque tiveste cinco maridos, e o que agora tens não é o teu marido; isso disseste com verdade.

Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta.

Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar.

Note que embaraçou mais ainda o entendimento da mulher.

Por vêr o Senhor Jesus conhecer de fato a sua vida, e por ser também um judeu, arriscou chamá-lo de profeta, e porque não, interpretar que o lugar de adorar a Deus seria em Jerusalém, por estar se falando com um  sábio judeu, embora o Senhor Jesus não tivesse dito nada sobre adoração.

Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.

Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus.

Mas a hora vem e agora é [a Salvação se estendeu a todos que o receberam por Salvador, podendo assim serem feitos filhos de Deus (João 1.12)],  em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

A mulher disse-lhe: Eu sei que o Messias vem, quando Ele vier, nos anunciará tudo.

Jesus disse-lhe: Eu o sou, Eu que falo contigo (João 4. 6~26).

Note que se tratava de uma mulher com um certo conhecimento das coisas da religião.

Sabia que entre os judeus e samaritanos não havia relacionamento, sabia da história do poço de Jacó, sabia sobre adoração a Deus, sabia da vinda do Messias.

O que ela não sabia, é que, quem estava falando com ela éra o próprio Messias, o próprio Jesus, o próprio Deus.


Pois bem:
 

Trazendo para os dias de hoje, podemos, também perceber que, muitas pessoas, e até mesmo com um certo conhecimento, têm negligenciado em saber quem é que está falando, e que está falando contigo.

Jesus está falando que Ele é o caminho [todos precisam do caminho, do contrário, como e onde iremos].

Jesus está falando que Ele é a verdade [Qualquer pessoa de bom senso, simplesmente se sentiria muito confortável podendo se envolver com a verdade, estar na verdade com transparência, sensatez, e tranquilidade em dizer que, conhece, vive na, e com a verdade]. 

Jesus também está falando que Ele é a vida [Ora, ou damos crédito ao que estamos lêndo, e com certeza, entendendo. 

Ou, estamos ignorando tudo o que o Nosso Senhor Jesus está à  nos falar bem neste momento].
 
E diz mais: Ninguém vem ao Pai senão por mim.

Note que: Ninguém vem, esse ninguém vem [é porque Ele é o próprio Deus], ao Pai, senão por mim (João 14.6).

Então, não adianta se esconder por detrás de uma religião, defender  placas de ministérios, defender filosofias de vida, sem receber verdadeiramente o Senhor Jesus por, único e exclusivo Salvador.

Jamais chegarão ao Pai.

Jamais chegarão a Deus.

Essa é a regra estipulada por Ele próprio (Mateus 10. 33).

É Ele que diz: Eu, Eu sou o Senhor, e fora de mim não há Salvador. (Isaias 43.11).

E muitos líderes, encabeçadores de povos, dirigentes de trabalhos relacionado a "levar  povos a conhecer a Deus, a se envolverem com o Senhor Jesus Cristo, a buscarem a Salvação".

Estão sendo avaliados, estão sendo medidos pelo Senhor.

Assim está escrito:

-Saiu aquele HOMEM para o oriente, tendo na mão um cordel de medir; e mediu mil côvados e me fez passar pelas águas, águas que davam pelos tornozelos [o Senhor têm olhado para grupos de pessoas, há um certo tempo, e os vê, com muito pouco entendimento], (Romanos 10. 2).

 E mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos [grupos de pessoas que receberam a Palavra, mas, não vigiaram, e foram influênciados por outros espíritos, que entendemos pelo nome de "fogo estranho", ao qual não têm edificado em nada a igreja],(2ºCoríntios 11. 4)., 

E mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos [grupos de pessoas com um certo entendimento, mas, entraram pelo caminho da religiosidade, e hoje defendem com unhas e dentes o que aprenderam, e não querem mais, buscar renovação], (Romanos 12. 2).

E mediu mais mil, e era um ribeiro, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, ribeiro pelo qual não se podia passar. [também está observando grupos de pessoas que entenderam quase que na plenitude, o plano do Senhor, porém, precisam de mais visão e de mais empenho, pois, foi confiado uma grande obra em suas mãos, e não esqueçendo que, essa obra se consiste em tratar tão sómente, com vidas humanas],(Jeremias 23. 1,2,3,4).

E me disse: Viste, filho do homem? Então, me levou e me tornou a trazer à margem do ribeiro [nos faz vêr as caminhadas dos povos por um outro ângulo, e por vê-los assim, nos prepara hoje, alicerçados, e firmes para essa nova trajetória],(Jeremias 3. 15).

E, tornando eu, eis que à margem do ribeiro havia uma grande abundância de árvores, de uma e de outra banda. [por todos os lugares, vêmos que o povo está sedento, está precisando verdadeiramente pegar o fio da meada, está urgentemente necessitado de entendimento, estão aí, passando de igreja em igreja, e até mesmo desistindo delas, o que é a pior das atitudes],(Isaias 29. 13).

Então me disse:; Estas águas saem para a região oriental, e descem à campina, e entram no mar; e sendo levadas ao mar, sararão as águas [precisamos de uma vêz por todas, fazer o que o Senhor Jesus está mandando, ir por toda a Terra, por todas as Nações, para todas as Etnias, para todas as Raças, e por todas as Sociedades, do mais nobre, "oriental", passando pelo povão lutador, "à campina" e alcançando os menos favorecidos, "o mar", sendo anunciado, pregado, divulgado, mencionado a todos; Sem demagogia, sem hipocrisia, sem enteresse próprio. E agindo assim, certamente alcançaremos os três objetivos do Senhor; "O povo verdadeiramente se converte. O Senhor verdadeiramente é glorificado. E a Igreja do Senhor verdadeiramente avança"],(João 8. 32).

E será que toda criatura vivente que vier por onde quer que entrarem esse dois ribeiros [Palavra e espírito], viverá, e haverá muitíssimo peixe; [condições para que tenham abundância de vida], porque lá chegarão essas águas e sararão [a Palavra de Deus chegando as pessoas: Cura, liberta, transforma, prospera e conduzirá a vida eterna] e viverá tudo por onde quer que entrar esse ribeiro [Aliança com entendimento do Reino de Deus].

Será também que os pescadores estarão junto dele [ninguém irá a lugar algum, sem que estejam em pleno comum acordo, e o Senhor quer contar com cada um de nós, segundo a capacidade de cada um, disponibilidade, vontade, e humildade] e  desde Em Gedi [de hoje em diante], até En-Eglaim [até o fim], haverá lugar para estender as redes; [sempre haverá alguém para resgatar, algo para fazer] o seu peixe, segundo a sua espécie [anunciarão o Evangelho a seu respectivo povo], será como o peixe do mar Grande [finalmente livres], em multidão excessiva [conseguiremos muitos].

Mas os charcos [os que estão atolados, cheios, mas, só de palavras e doutrinas, sem o espírito], e os seus lamaceiros [os que só fazem lambança, os que estão envolvidos com outros espíritos, os que estão envolvidos com idolatria, os que defendem uma religião, porém, sem o conhecimento, e envolvimento nenhum com o Reino do Nosso Senhor Jesus], não sararão; serão deixados para sal  [estarão vivendo uma vida salgada, ou insípida, e só poderão ser aproveitados se passarem pelas águas, isto é, nascerem de novo].

E junto do ribeiro, à sua margem [estaremos centrados, equilibrados, temperados] de uma e de outra banda, subirá toda sorte de árvores que dá frutos para se comer [será levantado pessoas com todos os tipos de talentos, sendo aproveitados nessa boa obra, sendo todos muito bem vindos]; não cairá sua folha [seus semblantes, e suas forças serão renovados a cada dia], nem perecerá  o seu fruto; [seus filhos  serão protegidos, serão poupados]; no seus meses produzirá novos frutos [ao decorrer dos tempos, novos interessados virão], porque as suas águas saem do santuário; e o seu fruto servirá de alimento [as palavras têm o aval do Senhor, têm fundamento, têm o espírito, e a recompensa disso, nos fará viver e viver bem], e a sua folha de remédio [todos receberão segundo o que fizerem, terão seus pagamentos mediante o que trabalharem, mas, com entendimento do Reino de Deus],(Ezequiel 47. 3~12).

Que todos possam entender o que o Espírito Santo está falando às Igrejas,

Estas, são as águas purificadoras da parte do Senhor nesta postagem.


Acesse, ligue, pergunte, nosso objetivo é de auxiliar a todos que precisam de uma mudança de vida.



Que Deus te abençoe.


Ministro Sérgio José.


Em Cristo Jesus.


Pra pensar: Não corte as asas, direcione o vôo.



2 comentários:

Clara disse...

Olá!

Vim agradecer seu gentil comentário em meu blog...
Vou ficar por aqui, alimentando minha alma.

Que Jesus nos abençoe sempre!
Amém!

Tereza Cristina Barreto Viana disse...

Obrigada pela visita! Não uso mais o blog no qual vc comentou. Meu mais novo blog é o SUPER RECOMENDO: http://super-recomendo.blogspot.com.br/search/label/RELIGIÃO

Continuo falando de Cristo por lá, com tempo, dê uma passadinha!

Parabéns pelo seu Blog! SUPER ABRAÇO!